Prológica CP-200 por dentro

Prológica CP-200

Daí eu trouxe o computador CP-200 do ferro-velho pra casa. Como sempre segue o vídeo de desmontagem pra ver o que tem dentro:


E mais fotos, começando pela placa do computador:

Prológica CP-200 placa

É uma placa revisão 0 (SPOCK) de 1982. Por baixo dá pra ver as modificações que fizeram:

Prológica CP-200 placa

O processador Z80 em close:
Prológica CP-200 Z80

As EPROMs montadas uma em cima da outra e o CI na plaquinha extra. Aparentemente isso é de fábrica:
Prológica CP-200 EPROM

O teclado não é de membrana, como eu disse no vídeo:
Prológica CP-200 teclado

A placa do teclado do outro lado, para os curiosos:
Prológica CP-200 teclado

Cheguei a ligar o computador no canal 3 da TV e não apareceu nada. Desconfiei e testei no osciloscópio e, para minha surpresa, apareceu o sinal de vídeo composto. Alguém converteu ele:
Prológica CP-200 saída de vídeo

Testando novamente na entrada de vídeo da TV:

Prológica CP-200 funcionando
O teclado ainda tem alguns probleminhas, como teclas falhando. Tem que ser feita uma limpeza e uns testes com ele.

4 comentários:

  1. As "gambiarras" parecem ser boa parte delas de fábrica, logo não retire. Eu tenho um CP300 enfiado em alguma caixa aqui, pego do ferro-velho também, nunca nem liguei, mas... minha praia não é esses trem, você bem sabe é MSX.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As EPROMs empilhadas já descobri que são de fábrica. Os fios embaixo eu já não sei.

      Excluir
  2. Eu desconfiei que era vídeo composto quando vi que o conector de vídeo está ligado na placa ao invés de no modulador... Eu tenho um TK82C velhusco com uma imensa gambiarra de fábrica (para passar de ZX80 para ZX81, eu acho) e andei estudando a adaptação para vídeo composto dado o ocaso da TV analógica. Se você quiser circuito ou informações do ZX81 é só falar.

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!