Multímetro "Multizet" Siemens analógico

Multimeter Siemens Multizet
Encontrei esse multímetro no ferro-velho mês passado e semana passada dei uma olhada nele, consertei e conferi. É um Siemens Multizet fabricado nos anos 60 ou 70, data exata não sei. Mas usei desse mesmo modelo no curso técnico em 1992 e 1993.


O multímetro por dentro, com o detalhe da chave rotativa:

Multimeter Siemens Multizet

Os fios estão na escala de corrente e, provavelmente, as trilhas foram rompidas num erro do operador e reparadas com aqueles fios. O Medidor aberto:

Multimeter Siemens Multizet

Alguém precisa fazer um dicionário destes símbolos no canto inferior esquerdo. O lado dos componentes do multímetro:
Multimeter Siemens Multizet

Os resistores são de 0.2%, precisão excelente para um multímetro analógico. Aquelas bobinas pretas na verdade são resistores de fio enrolado. A chave de seleção possui esses "ferrinhos" que tocam sua superfície. Neste aqui eles estavam desalinhados, deixando o multímetro inoperante:
Multimeter Siemens Multizet

O ajuste da posição é feito nessa peça de plástico com dois parafusos, indicados pelas setas vermelhas:
Multimeter Siemens Multizet

Ajustei a posição da chave:
Multimeter Siemens Multizet
Depois do ajuste o multímetro ainda não funcionou. Havia outro problema num dos fios que vão para o medidor. Ele é conectado a placa por meio de um dos parafusos que prende a placa na caixa. Arrumado o parafuso o multímetro voltou a funcionar. O multímetro não possui trim-pot de calibração. Para calibrar tem que mexer na posição do ponteiro direto no medidor. Ajustei ele para o zero e ficou certo (dentro do esperado).

Analisador de Espector de 35 MHz a 4.4 GHz com gerador de tracking

Analisador de Espectro
Mais um vídeo que deixei passar e não coloquei aqui no blog. O pessoal da Banggood me enviou essa placa de analisador de espectro para avaliação (compre aqui) e fiz o seguinte vídeo:


Além do analisador de espectro a plaquinha vem com um gerador de tracking para verificar a resposta de circuitos de RF, filtros, etc. Não tem controle de atenuação de entrada do espectro e nem da saída do gerador, mas pelo preço está de bom tamanho.

Então, no anúncio lá na Banggood tem um link para download do software e da documentação, com o esquema. O problema de instalar o NWT4.11.09 é que o instalador tem que estar na pasta certa para instalar.

Prológica CP-200 por dentro

Prológica CP-200

Daí eu trouxe o computador CP-200 do ferro-velho pra casa. Como sempre segue o vídeo de desmontagem pra ver o que tem dentro:


E mais fotos, começando pela placa do computador:

Prológica CP-200 placa

É uma placa revisão 0 (SPOCK) de 1982. Por baixo dá pra ver as modificações que fizeram:

Prológica CP-200 placa

O processador Z80 em close:
Prológica CP-200 Z80

As EPROMs montadas uma em cima da outra e o CI na plaquinha extra. Aparentemente isso é de fábrica:
Prológica CP-200 EPROM

O teclado não é de membrana, como eu disse no vídeo:
Prológica CP-200 teclado

A placa do teclado do outro lado, para os curiosos:
Prológica CP-200 teclado

Cheguei a ligar o computador no canal 3 da TV e não apareceu nada. Desconfiei e testei no osciloscópio e, para minha surpresa, apareceu o sinal de vídeo composto. Alguém converteu ele:
Prológica CP-200 saída de vídeo

Testando novamente na entrada de vídeo da TV:

Prológica CP-200 funcionando
O teclado ainda tem alguns probleminhas, como teclas falhando. Tem que ser feita uma limpeza e uns testes com ele.

Por dentro do Onestation da Estrela (de novo)

Onestation da Estrela
Ok, vamos escrever um pouco pois o blog está atrasado em relação ao canal...

10 anos depois de publicar um post sobre o Onestation da Estrela finalmente fiz o vídeo do aparelho:


Aproveito para colocar umas fotos com resolução maior do que aquelas do primeiro post:
Onestation da Estrela PCB

E dos cartuchos:
Onestation cartridge PCB

Onestation cartridge PCB

A pinagem dos cartuchos eu levantei na época e pode ser vista no post original.

Por dentro do multímetro analógico ProsKit MT-2017

Multimetro Proskit MT-2017
Mais um dia, mais um multímetro. E para variar um pouco recebi um multímetro analógico ProsKit MT-2017 para testes (compre aqui). O vídeo do unboxing radical está aqui:


A placa do multímetro se resume a resistores para os divisores de tensão e shunts de corrente. Capacitores tem uns três ou quatro e alguns diodos de proteção e para as escalas AC:

Multimetro Proskit MT-2017

Do lado de baixo só tem a chave impressa, o conector para o testes de transistores e LEDs, um buzzer e o potenciômetro de zero da escala de resistência:
Multimetro Proskit MT-2017

E fecho com a foto das lâminas da chave, que sempre me pedem:
Multimetro Proskit MT-2017

Gerador de áudio Tronson TAG-101 - review por dentro e por fora

Audio Generator Tronson TAG-101
Daí me enviaram um gerador de áudio (Tronson TAG-101 compre aqui) para review e fiz mais um vídeo:


Aqui a foto da placa do aparelho. Circuito discreto com circuitos integrados só na fonte (reguladores 7824 e 7924):

Audio Generator Tronson TAG-101

A placa por baixo, com um jumper e dois trimmers:
Audio Generator Tronson TAG-101

O circuito usa um capacitor variável para o ajuste de frequência:
Audio Generator Tronson TAG-101

O circuito de atenuação da saída, com um chave de onda e um potenciômetro:
Audio Generator Tronson TAG-101

A surpresa da placa é ainda usar uma lâmpada no controle automático de ganho, para manter a baixa distorção:
Audio Generator Tronson TAG-101

O transformador da fonte com um primário simples (220 Vac):
Audio Generator Tronson TAG-101
Embora a fonte seja para entrada em 220 o circuito se comportou bem quando ligado em 127 Vac. A cara do aparelho e o manual parecem ser cópias de um gerador da Kenwood dos anos 80. O circuito parece com muitos geradores dessa época também.

Módulo LCD MPI3508 com entrada HDMI

Módulo LCD MPI3508

Chegou este LCD (MPI3508) para avaliação e fiz mais um vídeo:


Na verdade é um módulo LCD com touch screen resistivo e uma placa controladora. Ele possui entrada HDMI e funciona como um monitor normal (sem touch) se usar só essa opção. O áudio do HDMI também está disponível no conector de áudio verde. A Alimentação USB do módulo também alimenta a Raspberry Pi, assim dá pra usar só um cabo. Aqui a placa por baixo com o adaptador HDMI-HDMI do lado:

Módulo LCD MPI3508

Para demonstrar o LCD funcionando sem a Raspberry usei um Chromecast e rodei um vídeo do canal:
Módulo LCD MPI3508 com Chromecast
O módulo pode ser usado na recém lançada Raspberry Pi 4, mas sem o adaptador HDMI que deve ser trocado por um cabo HDMI para micro-HDMI.

Montando mais um kit de detector de metais

Kit de detector de metais
Daí eu montei mais um kit de detector de metais. Este aqui é muito barato (< R$5,00) se descontar o frete (compre aqui). O primeiro deu um problema no cartão de memória da câmera e acabei perdendo a parte da montagem. Agora fiz um vídeo mais completo:


O kit montado:
Kit de detector de metais

O circuito do detector usa apenas 3 transistores, contra 5 do outro que montei:
Esquema detector de metais

E uma foto da placa antes da montagem:
Placa detector de metais
O circuitinho é bem simples e funciona mais como um brinquedo e treinador para montagens eletrônicas. Pra quem cresceu vendo kits eletrônicos nas revistas de eletrônica na década de 80 é uma boa brincadeira.

Ainda sobre os equipamentos de teste e medição perdidos no ferro velho

Então pessoal, quem me acompanha pelo Instagram e pelo Facebook já viu, mas vou deixar registrado aqui no blog...

No fim do mês passado fiz um post com fotos de alguns equipamentos num ferro velho lá de MG e muita gente comentou lamentando do ocorrido. O tempo passou e neste feriado acabei indo para lá e dei uma passada no ferro velho pra ver se havia sobrado alguma coisa e encontrei isso:

Equipamentos no ferro velho

Equipamentos no ferro velho

Praticamente tudo e mais alguma coisa ainda estavam lá. Claro que a vontade de levar tudo foi grande, mas não tinha dinheiro no momento e nem havia conversado com a patroa sobre o assunto. Acabei levando só um multímetro analógico da Siemens pra casa:

Multimetro Siemens

Ficaram os outros pra trás, como este gerador de áudio Heathkit que é um dos itens que eu procuro há tempos:

Gerador de áudio Heathkit

Também tinha dois medidores de áudio deste aqui:

Medidor de áudio RMS

E um gerador de áudio Philips:

Gerador de áudio Philips GM2315


Como estas coisas não aparecem com muita frequência resolvi conversar com a patroa e chegamos a um acordo para que eu pudesse salvar os bichinhos: Eu poderia comprar tudo desde que fosse só para fazer uns vídeos para o canal e depois teria que vendê-los. Faltava só a negociação com o dono do ferro velho, que queria enfiar a faca no valor dos equipamentos. Acabamos chegando num valor bom para ele e não tão ruim para mim.

Assim:

Equipamentos no carro

Do post original de Maio dá pra ver que falta o medidor de potência analógico em kW. Esse era muito grande e pesado e o dono do ferro velho pediu um valor alto demais. Como não era interessante para mim resolvi desistir dele. Vocês podem se perguntar, após ver o post original, onde está a fonte de bancada mostrada em uma das fotos? Bem, ela já havia sido comprada pela pessoa que me mandou aquelas fotos. Está funcionando e sendo usada na bancada dele:

Fonte de bancada

Mas e aqueles módulos digitais da DataPool? Bem, quase todos eles foram desmontados pelo pessoal do ferro velho para retirada dos transformadores. Sobrou um, que está comigo:

Treinador lógico Datapool

Falta uns dois ou três CIs e talvez não funcione 100%, mas virará vídeo. Já o amperímetro gigante está em um estado não muito bom, os cupins fizeram a festa, mas parece completo. Vai precisar de umas madeiras novas e uma reforma:

Amperímetro analógico

E sim, o CP-200 foi recuperado também. Ele foi o que mais chamou a atenção de quem viu as fotos na época. Só teve o rabo (cabo de energia) cortado:

Computador prológica CP200

E a foto final da família toda reunida lá em MG:

Equipamentos no ferro velho

Agora é ver a logística para fazer uns vídeos por lá ou se eles virão para SP.