Por dentro de uma lâmpada LED RGB com caixa de som Bluetooth

Seguindo a linha de "vamos desmontar tudo em 2022", desmontei uma lâmpada de LED RGB com som Bluetooth. Segue o vídeo:

O que me levou a comprar essa lâmpada foi o preço, com alguns cupons dá pra pegar bem barato nas lojas online (paguei R$23,00 nessa já com frete). É bem fácil de encontrar em lojas de produtos importados também. Tomando cuidado pra ver se é a versão com LEDs brancos. Não prestei atenção nesse detalhe e acabei comprando a versão sem luz branca. Mas já está bom com o que veio. A fonte de alimentação é de 100 a 250Vac e saída para 5V:

A placa de um lado só tem dois conectores, um para a alimentação e outro para a saída de alto-falante:
Já do lado da solda tem muito mais coisas interessantes:

O microcontrolador com Bluetooth está marcado como AC20BP01797, sem mais informações. Mas parece ser parente dos AC6905A da vida. O amplificador de áudio é um LTK8002D, de 8 pinos (3W de saída em 5V). A plaquinha é interessante pelo que vem com ela e funciona normalmente em 5V, o que dá pra ampliar o uso como caixa de som Bluetooth portátil. Os LEDs parecem ser RGB endereçáveis, do tipo usado em fitas de LEDs.

Eliminador de pilhas para o Jump Dance da Braskit

 

Jump Dance Braskit
O termo "eliminador de pilhas" é bem revista-de-eletrônica-dos-anos-70, mas taí. Este brinquedo as crianças aqui gostam bastante, mas não brincavam tanto por causa das pilhas que são um pouco caras (pilhas médias tipo C). Da última vez que acabaram resolvi fazer uma modificação no brinquedo para poder ligar uma bateria externa (power bank). Segue o vídeo da modificação:

O brinquedo é vendido por aqui pela Braskit e acho que já saiu de linha, pois não tem mais no site oficial. Ele por dentro é assim:

Jump Dance Braskit
O CI bolha é responsável por controlar a velocidade do motor, tocar música e checar a chave pra ver se alguém bateu nas hastes giratórias. Tem um transistor pro motor e um diodo em série com as pilhas pra evitar inversão de polaridade:
Jump Dance Braskit

A modificação foi mais mecânica na carcaça. Com uma lima fui ajustando a caixa pra caber uma plaquinha com um conector USB:
Jump Dance Braskit

Além de colocar a placa, fiz também um cabo USB para USB macho pra conectar tudo. O cabo precisa ser pequeno pra não atrapalhar a brincadeira. Não é a melhor solução do mundo, admito, mas está funcionando relativamente bem. O ideal é, talvez, colocar umas 18650 dentro da caixa com uma plaquinha de carga.

Power Bank DIY com Células 18650 de 3,7V

DIY Power Bank

Mais um power bank (ou bateria externa) para a coleção. Uso muito estes aparelhos em viagens e queria algo com maior capacidade. Aproveitando que ganhei uma caixa com umas 100 células 18650 comprei um kit para montar um power bank que supostamente daria 30000 mAh com 8 delas. Segue o vídeo da montagem e testes:


O aparelho vem com uma placa de carga que de um lado tem os conectores USB, LEDs brancos (ele funciona como lanterna também) e um CI de carga e regulador de tensão MP5043:
DIY Power Bank

Do outro lado da placa tem o que parece ser um microcontrolador de 16 pinos sem marcações, para acionamento do LCD e um CI de proteção de bateria XB7608A. Este último tem proteção contra temperatura alta, sendo o segundo power bank com esse tipo de proteção que eu testei:

DIY Power Bank

Os supostos 30000 mAh de capacidade é bem improvável de se conseguir já que as baterias 18650 tem entre 1000 e 2500 mAh para as de melhor qualidade. Com 8 células a capacidade máxima seria de 20000 mAh.

O vídeo já estava gravado quando resolvi rodar um segundo teste de descarga após recarregado completamente. Os resultados:
teste de descarga da bateria
Ali mostra a potência de 64,49 Wh, que em 3,7 V daria perto de 17500 mAh. Isso é dentro do esperado e indica que as minhas células 18650 tem por volta de 2000 mAh cada.

Por dentro de um multímetro digital GVDA GD119B

GVDA GD119B
Recebi mais um multímetro para review da GVDA (compre aqui) e aqui está o tradicional vídeo:

Ele é menor que o GD128 e um pouco mais simples. Por dentro a placa tem só o CI de multímetro e o driver do LCD (TM1729):

GVDA GD119B

Por baixo tem as chaves, LEDs e o backlight do display:

GVDA GD119B

Pra completar o post, uma foto interna da caixa:
GVDA GD119B

PS: O post era pra sair hoje as 19:00 horas, junto com o vídeo, mas por motivos de "não olhei e programei para as 00:00" está saindo agora.

Por dentro de uma lâmpada giratória LED colorida

Lampada giratoria colorida
Vamos lá, começar o ano com mais um "unboxing radical"...

Esta lâmpada é normalmente usada para festas e tem um efeito parecido com os dos globos de luz espelhados. Nesse caso, porém, ela tem as cores em RGB e uma lente giratória que faz o efeito de movimento. Segue o vídeo no padrão do canal:

A placa dos LEDs tem só eles mesmos, um pra cada cor (Verde, vermelho e azul):

Placa dos LEDs da Lâmpada

Por dentro é uma fonte de alimentação bem simples e o motor com uma caixa de redução para girar a lente:
Fonte Lâmpada de LED

Pequena retrospectiva de 2020 e o que espero para 2021

E lá vou eu com o tradicional post de ano novo. 

Mas antes os links para os posts de 2015, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020 para quem quiser ler.

E a revisão das metas de 2021:

Metas para 2021:

"1. Um vídeo por semana no canal."
Foram 29 vídeos, pouco mais da metade do esperado (52). Não deu.

"2. Um projeto novo e totalmente aberto."
Opa, foi pouco mas publiquei o projeto do "Arduino Quake Flicker Lamp" com certo sucesso.

"3. 50.000 inscritos no canal."
Não deu. Chegou perto dos 47000 inscritos. Ainda não acertei em ganhar seguidores.

"4. Ler e terminar mais de 10 livros."
Mais uma vez não deu. Preciso ler mais.

"5. Tirar carteira de motorista."
Não deu também, por diversos motivos.

------------------------------------------------------------

Agora a retrospectiva propriamente:

1. Números:
Blog: Foram pouco mais de 50.000 visualizações, queda de 23,5% em relação a 2020. Muito pouco. No total foram 35 posts no blog.

Canal: Pouco mais de 1.150.000 visualizações, queda de 25% em relação a 2020. Resultado ruim, tenho que melhorar.

A receita do canal ($$$$$) subiu 24,5%, um excelente resultado.

2. "Treconologias" usadas por aqui:

PC novo, descrito no post de Janeiro.

3. Melhor post de 2020:

O "Arduino Quake Flicker Light" rodou o mundo. Foi feito pra isso mesmo, mas não esperava tanta repercussão. Saiu no Hackaday e até no Gizmodo e mais alguns sites e citações pela rede.

4. Grande dor de cabeça: Ainda estamos em pandemia e teve uma grande cirurgia em Abril que me quebrou (mental e fisicamente) um pouco. Resultado:

raios x

5. Eventos marcantes: Pandemia, cirurgia e duas mortes na família agora no fim do ano. Não teve muito bom não...

6. Projetos incompletos:
- Nenhum e o piscador do Quake tá publicado.

- O índice de revistas de eletrônica está na lista, de vez em quando dou uma atualizada nele

*** Agora um pouco de aleatoriedades ***

8. Noticias da área que chamaram minha atenção:
- A crise global no fornecimento de componentes eletrônicos podia ter ficado só nas notícias, mas afetou muita gente conhecida e um pouco meu trabalho.

9. Produtos que chamaram minha atenção:
- Rock Pi X

10. Livros técnicos que li (ou usei):
- Nenhum

11. Livros "comuns" (que não são técnicos):
- Coloquei vários livros no Kindle, comecei alguns, mas não consegui terminar nenhum. (Repetindo 2020)

12. Melhor do twitter: Rue Mohr

13. Melhor site: Jeff Geerling 

14. E no Facebook? Grupo Eletrônica Raiz e as fotos de bancadas.

15. Melhor ferramenta na Web: Vou de FraidyCat de novo. Uso todo dia.

16. Melhor filme com eletrônica: "Fuja" (Netflix) tem alguma coisa e é o que eu lembrei mais.

17. Outros filmes que assisti:

Novamente fiz uma lista do que vi, agora com comentários:

1. Mulher Maravilha 1984 - Que filme triste de ruim.
2. Shadow in the Cloud - Gremlins de verdade e historia fraca.
3. O Céu da Meia Noite - Bonzinho e previsível.
4. Jumanji: Bem-vindo a selva - Muito bom e surpreendeu.
5. O tempo e o Vento - Tava lá na Netflix e eu vi. Só isso mesmo.
6. Tenet - Sci-fi legal e honesto.
7. Greenland - Eu vi esse? Tá anotado aqui, mas não lembro direito.
8. King kong vs Godzilla - Só vi pela briga dos dois e é bem rápida até. Não precisava de história de família ali não.
9. Snyder Cut - Melhorou, mas não o suficiente.
10. Amor e Monstros - Dá pra passar o tempo.
11. Us (nós) - Fraco demais, "Corra!" é bem melhor.
12. Borat 2 - A filha dele é a melhor parte do filme.
13. Mortal Kombat - Triste, poderia ter sido melhor.
14. MIB Internacional - Pra quê eu vi esse?
15. Fuja - Bom filme, com um pouco de eletrônica.
16. Awake - Lembra Greenland.
17. Sem remorso - Gostei, poderiam fazer mais.
18. Black Widow - Gostei, mas não é tão bom assim.
19. A Guerra do Amanhã - Conceitos legais mas ficou ruim.
20. E o Vento Levou - Finalmente vi inteiro e de uma só vez. Clássicão.
21. Rampage - Sim, vi esse também. Não recomendo.
22. Suicide Squad - Divertido demais.
23. The Whole Whide World - Pra quem conhece os personagens o final não surpreende. Mas é bom.
24. The foreigner - Jackie Chan sério a gente estranha, mas é bom.
25. Superman Red Son - Animação legalzinha.
26. Caminhos da Memória - Ambientação legal, história ruim e confusa.
27. Free Guy - Filminho bem divertido.
28. Current War - Até que não é ruim, Tesla nem aparece direito. Até recomendo.
29. Tesla - Ruim demais, o que tentaram fazer com aquela narração?
30. Eternos - Visto no cinema. Não é o melhor da Marvel, bem genérico.
31. Finch - Parece um episódio de série sci-fi. Legal.
32. Jumanji Next Level - Diferentemente do anterior a história fora do jogo é melhor.
33. Venon 2 - Sim, fizeram essa bomba...
34. A Historia Sem Fim - Visto com as crianças.
35. Paddington - Também visto com as crianças. Bem legal.
36. Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis - Minha volta aos cinemas e melhor filme de herói do ano.
37. Duna - Visualmente perfeito, preciso da segunda parte pra dar uma opinião.
38. The Matrix 4 - Ainda processando aqui, primeiro ato muito bom, mas faltou algo.
39. Megatubarão - Tá, é ruim mas é divertido.
40. Mother! - Metáforas demais, não é meu estilo de filme.

Na lista deve ter faltado algum filme que esqueci de anotar. Só entraram os que ainda não tinha visto. Revi alguma coisa este ano, incluindo uma maratona "Harry Potter" com as crianças.

18. Séries e mini-séries:
- "The Handmaid's Tales" - Assisti a 4 temporada acompanhando a dona esposa. Boa série.
- Star Trek Discovery - Série com muitos altos e baixos. Poderia ser melhor.
- Avatar: A Lenda de Korra - No geral é bem fraca, vale por algumas explicações sobre o nascimento dos Avatares.
- Evangelion - Fui ver o que todos falam e é bem ruim mesmo...
- Philip K. Dick's Electric Dreams - Umas duas boas histórias e outras nem tanto.
- Cidade Invisível - Série nacional honesta, história redonda e bons efeitos. Surpreendeu um pouco.
- Wandavision - Boas ideias, final ruim.
- Falcão e o Soldado Invernal - Serve pra passar o tempo.
- Mr Robot (temporadas 2 a 4) - Confusa e não terminou bem. Ficaria só na primeira temporada mesmo.
- Love, Death + Robots 2 - Muito abaixo da primeira temporada.
- Loki - Legalzinha, final muito bom.
- The Expanse (temporadas 1 a 5) - Melhor série SCI-FI em muito tempo.
- Sweet Tooth - Série bonitinha e só.
- Tales From the Loop - Umas duas histórias muito boas e outras boas. Bom visual.
- His Dark Materials - Boa série, com alguns pontos fracos, mas gostei.
- Star Wars Visions - Muito fraca...
- Foundation - Um Sci-fi legal considerando o plot dos Imperadores. A Fundação mesmo não é tão interessante.
- Round 6 - Brutal e bem feita. Boa surpresa.
- Hawkeye - Melhor série da Marvel da nova leva.

19. Jogos:
- Terminei novamente "Command & Conquer 3" (2007) e o "The Lord of the Rings - The Battle for Middle-Earth" (2004). Complementei os dois com "C&C 3 Kane's Wrath" e "The Battle for Middle-Earth 2".

- Star Wars Battlefront II - Tava de graça e usei pra testar o PC novo. Divertido, mas não vou jogar de novo.

20. Música:
Novamente dei uma atualizada na minha playlist de músicas pra ouvir no celular no ônibus nas várias viagens a trabalho.

------------------------------

Metas para 2021:
1. Dois vídeos por semana no canal.
2. Um projeto novo e totalmente aberto.
3. 100.000 inscritos no canal.
4. Ler e terminar mais de 10 livros.

As metas pra esse ano são bem mais altas que o normal. Vamos ver o que vai dar...

Por dentro de um aparelho clicador eletrônico

Aparelho Clicador Eletrônico

Mais uma coisa diferente: Um clicador de touchscreen eletrônico. Segue o vídeo:

A placa toda cabe num dedal, a maior parte do aparelho é um grampo para prender na tela a ser clicada:

Aparelho Clicador Eletrônico

Preciso de uma câmera com macro melhor pra tirar fotos de placas tão pequenas. Mas então, ali na placa o CI com 8 pinos não tem nada escrito, suponho que seja um microcontrolador. O CI de seis pinos logo abaixo dele é PT2041TC (chave de toque). Os outros dois, a direita, são transistores duplos. O de baixo é um MMDT3904 (2xNPN) e o segundo é o MMDT3946 (NPN + PNP). Na parte de baixo temos:

Aparelho Clicador Eletrônico

O transistor ali embaixo é um MOSFET SI2301, o maior de 5 pinos é um tal de TT8254 (sem mais informações e o outro de 6 pinos é uma rede de diodos BAT54TW.

O circuito entrega um sinal em dois pinos para a borracha que vai em contato com a tela, numa frequência perto de 1.4 kHz e com 47 Vpp de amplitude. Ainda preciso ver isso melhor e entender como funciona, talvez levantando um esquema. Mas com esses sinais observados acho que consigo simular com um gerador de funções arbitrárias.

Era pra ter as imagens das formas de onda aqui neste post, mas meu osciloscópio ou o pendrive que coloquei nele não colaborou. Caso eu desmonte novamente o aparelho tento salvar de novo as formas de onda.

Por dentro de um testador de tomadas GVDA GD105B

GVDA GD105B Socket Tester

Algo um pouco diferente hoje: um testador de tomadas. Este testador (GVDA GD105B compre aqui) testa se a conexão das tomadas estão corretas (fase, neutro e terra) e mede as tensões entre fase e neutro e neutro e terra. Além disso ele tem um botão pra teste de disjuntores residuais (DR com corrente de 30mA). Segue o vídeo dos meus testes e demais considerações:

A placa do aparelho do lado do LCD não tem muita coisa:

GVDA GD105B Socket Tester

Do lado dos componentes temos um CI em bolha que deve ser um microcontrolador, vários opto-acopladores e um CI de 8 pinos (marcado como L39947 que não retorna nada nas buscas):

GVDA GD105B Socket Tester

Ainda estou tentando entender como é a fonte de alimentação do aparelho. Não encontrei nada que pareça com as fontes "rabo-quente" que conheço e nem chaveadas.

Por dentro de um detector de tensão AC GVDA GD116A

 GVDA GD116A
Recebi este testador para review (compre aqui) e fiz o tradicional vídeo:

É um testador ativo, alimentado por duas pilhas AAA e é bem sensível. O display tem um bargraph que mostra a intensidade do AC presente, além de bipar mais rápido e piscar a ponta em vermelho. Por dentro a placa dos dois lados:

GVDA GD116A

GVDA GD116A

Por dentro de um relógio digital de pulso com LED

Relógio infantil rosa digital de LED

Daí nós compramos um sapato pra filha do meio e veio este relógio da foto de brinde. O interessante aqui é que ele usa LED vermelho no display e não LCD. Mais curioso ainda foi o que encontrei ao tentar trocar as pilhas quando estas acabaram. Segue o vídeo da descoberta:

Aqui o relógio desmontado:

Relógio infantil rosa digital de LED
Típico circuito de relógio de baixo custo: um circuito integrado bolha e um cristal de 32 kHz. Aqui a placa com os "LEDs":

Placa com LEDs impressos