Por dentro de outro testador de telefone público

 

Testador de telefone público
Pra fechar a série de posts sobre testadores de telefones públicos trago um modelo não comercial, feito para uso interno numa empresa que consertava esse tipo de aparelho. Segue o vídeo:

Aqui o detalhe do painel comas chaves:

Testador de telefone público

Do outro lado tem os medidores e a chave liga/desliga:
Testador de telefone público

O medidor de corrente parece que está danificado, preciso olhar melhor ele. O aparelho por dentro:
Testador de telefone público

Ele parece ter um circuito mais simples que os outros dois modelos comerciais que já mostrei anteriormente. A placa principal:
Testador de telefone público

A fonte de alimentação:
Testador de telefone público

O transformador tem um secundário de 500V, o que é bem curioso. Aqui as chaves do painel e os LEDs indicadores:
Testador de telefone público
Os LEDs são bicolores mas apenas um deles é usado completo. Os outros funcionam numa cor só. 
Este aparelho provavelmente servirá de doador de peças para meus projetinhos. Principalmente essas chaves que uso muito.


Por dentro de um Modem Parks UP22BIS

 

Modem Parks UP22BIS
Continuando os posts sobre coisas inúteis que comprei no ferro-velho apresento pra vocês um modem Parks modelo UP22BIS. É um modem velha-guarda todo feito com lógica discreta, um DSP e um microcontrolador. Segue o vídeo:

A placa da fonte foi que mais me chamou a atenção, já que posso reutilizar como fonte simétrica pra testes com amplificadores operacionais:

Modem Parks UP22BIS

A placa traseira onde o modem vai encaixado:

Modem Parks UP22BIS

E a grande placa com o modem:
Modem Parks UP22BIS
Ainda vou ver o que faço com ele, tem alguns componentes que valem a pena salvar pra usar em algum projetinho.

TV Preto e Branco GA-512 com Vertical fechado - Conserto

 

TV 5 polegadas com defeito

Uma pequena aquisição no ferro-velho e que estava parada aqui. Como ontem foi feriado e sobrou um tempo resolvi investigar o defeito e tentar consertar. Acabou virando vídeo:

Então, comprei essa mini-TV de 5 polegadas (modelo GA-512, importado por aqui pela Prince Ind. e Com.) lá no ferro-velho de sempre. Paguei R$10,00 por ela, se não tivesse conserto não seria uma grande perda, pelo menos daria pra aproveitar o transformador. Fazia tempo que estava atrás de uma TV de tubo pequena pra colocar aqui no lab e guardar. Daqui há alguns anos TVs de tubo serão raridades, como outros aparelhos antigos são agora (previsão anotada aqui). Esta aqui tem escrito "Eliana" ali no canto inferior direito e não sei se é referente a apresentadora ou só o modelo.

Chegando em casa liguei a TVzinha e o rádio estava funcionando perfeitamente, já a TV estava com o vertical fechando (foto aí de cima). Deixei ela num canto até ontem quando resolvi fuçar nela. Difícil tirar uma foto da placa inteira por conta da fiação interna:

TV 5 polegadas com defeito

A TV em si é um CI grande CD5151CP que faz quase tudo, recebendo o sinal em FI lá do sintonizador de canais e entregando o áudio para o CI amplificador e os sinais de deflexão e luminância. O CI amplificador de áudio em encapsulamento SIL esqueci de olhar qual era e o D7231 de 8 pinos é o driver do vertical. O esquema básico para este CI é assim:

Circuito Vertical
Esquema reprodução do datasheet

Em alguns esquemas de TVs preto e branco de 5 polegadas o vertical é com transistores e não com CI. O capacitor de 470 uF (circulo vermelho) nesta TV é de 2200 uF. Pesquisei defeitos no vertical destas TVs preto e branco e parece que é bem comum esse capacitor dar problema. Na placa da TV ele está marcado com uma seta vermelha, abaixo:

TV 5 polegadas com defeito
Retirei o capacitor e ao medir ele estava com capacitância baixa e com a ESR bem alta. Troquei por um de 2200 uF x 16V e a TV passou a abrir o vertical pelo ajuste na placa (trimpot ao lado do CI). Olha a TV funcionando:

TV 5 polegadas consertada

O conserto foi só isso mesmo e a chave de seleção Vídeo/TV que não estava parando fechada (só ficava em TV, problema na mola). O áudio está com um ronco baixo e acredito que outros eletrolíticos (da fonte) podem estar ruins também, qualquer hora vou fazer um recap (trocar todos os capacitores) pra ver se melhora.

Pra fechar, uma foto do CI da TV com um filtro SAW LBN4501 do lado:
TV 5 polegadas com defeito

Por dentro da estação de solda e retrabalho Yaogong 8878D

 

Yaogong 8878D
Mais uma estação de solda por aqui, a primeira eu mostrei em 2017. Esta é uma Yaogong 8878D e foi enviada para review no canal pelo pessoal da Banggood (compre aqui). Segue o review com ela funcionando e desmontada:

A placa principal:

Yaogong 8878D

Esta placa é basicamente uma fonte de 24V e um dimmer para controle da temperatura do soprador. O ferro de solda e a ventoinha do soprador usam 24V de alimentação. A placa por baixo:

Yaogong 8878D

A placa de controle usa tem um microcontrolador (raspado) e uma memória EEPROM externa:
Yaogong 8878D

O barulho do buzzer é bem alto, estou pensando em reduzir o volume dele com um resistor em série. Por baixo a placa tem os displays de 7 segmentos e as chaves:

Yaogong 8878D

O soprador por dentro:
Yaogong 8878D

A seta indica onde fica o reed switch para desligamento quando o soprador é colocado no descanso. No meu vídeo ainda não tinha percebido que o soprador não desliga o vento de imediato, ele espera o soprador esfriar para depois desligar. Erro meu nessa parte...

Ainda sobre o soprador térmico, o descanso dele possui dois imãs, mostrados na foto abaixo com as setas:
Yaogong 8878D

Por dentro de um multímetro Aneng AN113D

 

Aneng AN113D
E lá vou eu de novo com mais um review de multímetro, desta vez um Aneng AN113D. Já perdi a conta de quantos foram, preciso fazer uma página pra agregar todos os que testei. Segue o vídeo:

Aqui uma vista da placa (PCB):

Aneng AN113D

Diferentes dos outros (AN800X) esse aqui não tem a memória externa ao CI do multímetro. Isso indica que a Aneng usou um outro CI neste modelo. Os quatro pontos de teste ali no canto podem ser a entrada para gravação do firmware e calibração.

A placa do outro lado:

Aneng AN113D

E pra concluir a foto das chapinhas da chave seletora, que sempre me pedem:

Aneng AN113D

Anotando a ideia aqui de fazer um banco de dados de fotos de chapinhas de chave seletora de multímetros. Realmente muita gente me pede essa informação e de modelos de multímetro que nem mostrei no canal e no blog.

Por dentro de um Transcoder BR5000 da Tecnovideo

 

Transcoder Tecnovideo BR5000

Daí eu estava fuçando as fotos no celular e encontrei estas aqui que tirei no ferro-velho quando comprei os testadores de telefones públicos. Não lembrava delas, mas acho que dá um bom post de "por dentro". 

Então, o aparelho é um transcodificador da Tecnovideo modelo BR5000 e já estava sem a tampa e sem o transformador (prática comum nos ferro-velhos da vida). Não trouxe ele pra casa, deve estar lá ainda ou já foi desmontado pra reciclar a carcaça de metal. Nos antigos tempos dos videocassetes se você comprasse um aparelho lá fora (importado) teria que usar um transcodificador para ligar em sua TV brasileira (PAL-M). Este transcodificador é um modelo que transcodifica NTSC e SECAM para PAL-M, PAL-N e PAL-G (sim, existem PAL para todos os gostos, eu já cheguei a trabalhar com PAL-K).

Aqui uma visão do painel traseiro do equipamento:

Transcoder Tecnovideo BR5000


O circuito interno tem duas placas (principal e painel). A placa vista de cima:

Transcoder Tecnovideo BR5000

Pura circuitaria anos 80, com muitos CIs lógicos da SID, capacitores laranjas e fios pra todo lado. Aqui um detalhe da placa:
Transcoder Tecnovideo BR5000
Legal os quatro cristais enfileirados e as bobinas de forma azul. Muitos ajustes pra fazer nisso aí. Em outra área os CIs da SID Microeletrônica:

Transcoder Tecnovideo BR5000

A sujeira da placa deve ser por causa do tempo que o aparelho ficou aberto e jogado num canto.



Um kit básico de ferramentas para eletrônica

 

kit de ferramentas para eletrônica

Recebi este kit de ferramentas para eletrônica para review no canal (compre aqui) e fiz um vídeo extra na semana:

Não são ferramentas topo de linha, é o básico do básico. A qualidade é o que se espera de ferramentas baratas. Segue a lista de itens:

  1. Sugador de solda
  2. Chave de fenda/Philips com lâmpada neon
  3. Jogo de pinças (3 tipos, reta, chata e curva)
  4. Estilete grande
  5. Ferro de solda 60W com ajuste de temperatura
  6. Fios (vermelho e preto)
  7. Rolo de fita isolante
  8. 5 pontas para ferro de solda
  9. suporte de ferro de solda
  10. alicate de corte
  11. descascador de fios
  12. Caixinha de Breu (pasta de solda)
  13. Multímetro A830L.
Este kit vou levar para o posto avançado do Pakéquis Lab em Campinas, que tem poucas ferramentas.

Por dentro de um DPS Filtro de Linha iClamper Energia 5

 

Filtro de Linha iClamper 5
Depois do vídeo anterior alguns comentários pediram pra fazer um "unboxing radical" de um filtro de linha da marca Clamper. Então aqui está ele (o vídeo):

O filtro por dentro:

Filtro de Linha iClamper 5
A placa por baixo:
Filtro de Linha iClamper 5

E aqui do lado dos componentes:
Filtro de Linha iClamper 5

O aparelho é vendido mais como DPS (dispositivo de proteção contra surtos) do que filtro de linha, mas na embalagem tem uma linha que me chamou a atenção:
Filtro de Linha iClamper 5

Isso é estranho por dois motivos:
1. Para definir a atenuação de um filtro tem que ser dito em qual frequência ou fornecer o gráfico de resposta.

2. 70 dB é uma atenuação bem alta e quase o dobro do que já encontrei em alguns filtros comerciais (daqueles de painel com tomada).

Sendo assim, como visto no vídeo, tentei levantar a curva de resposta e não encontrei os 70 dB de atenuação. Fiz também uma simulação básica no TinaTI para ver a resposta:

Simulação


A definição das impedâncias de 50 Ohms encontrei num documento sobre como medir filtros de linha. O valor do capacitor é baseado no circuito entre Fase e terra ou Neutro e Terra (100 nF + 10 nF). O resultado não dá os 70 dB:

Simulação

Como é uma simulação básica ela não leva em conta as indutâncias parasitas e outros fatores que podem aparecer por causa da montagem do aparelho.

Por dentro de um filtro de linha FC de quatro tomadas

 

Filtro de linha FC de 4 tomadas

Daí eu comprei um "filtro de linha" para a bancada. Já falei sobre essas réguas de tomadas que não são filtros de linha lá em 2015. Uso mesmo por causa das tomadas extras, chave liga-desliga e o fusível. Aproveitei e gravei um vídeo no estilo "já que vou abrir, faço um vídeo e coloco no canal. Vai que faz sucesso":

Aqui o filtro de linha FC por dentro:

Filtro de linha FC de 4 tomadas

Pois é, filtro mesmo é só aquele indutor em série, sem capacitores X e Y. Olha o varistor:

Filtro de linha FC de 4 tomadas

Esse é pequeno em relação aos que já vi em outros filtros de linha. Aqui uma olhada mais de perto do filtro:

Filtro de linha FC de 4 tomadas

Por dentro de uma luminária solar de LED externa

 

Luminária Solar
Fazia tempo que eu queria comprar uma dessas luminárias solares pra colocar aqui no quintal de casa. Acabei encontrando essa numa loja no centro de Campinas com um bom preço e resolvi comprar. O resultado é que agora dá pra chegar até os interruptores das luzes da área de serviço sem ficar no escuro e, de quebra, saiu um vídeo novo para o canal:

A luminária solar por dentro:

Luminária Solar
É só isso mesmo: uma placa, uma bateria 18650, uma placa solar e a placa dos LEDs. A placa com o circuito:
Luminária Solar SW03B-V1
O CI é um SW03B-V1, que é um circuito para luminária solar completo. Ele tem uma entrada para o painel solar, entrada para um sensor PIR, carregador de bateria e driver para os LEDs. Interessante que descobri que os sensores PIR evoluíram a ponto de ser só uma coisinha com três pinos (alimentação, GND e saída). No meu tempo de alarmes (1996) eram bem mais complexos esses sensores:
Luminária Solar