Dia 26 de Setembro passado a dona Séfora e eu fomos até a praça central aqui da cidade dar uma olhada na campanha do Inatel/Cãs@Viva de reciclagem de lixo eletrônico. Como a proposta era trocar uma sacola “ecológica” por lixo eletrônico a Séfora saiu catando as coisas em sua casa e na da mãe dela. Sobrou até pra mim que tive que doar dois drives de CD-ROM e duas CPU’s velhas que apenas ocupavam espaço aqui em casa. Claro que todas as sacolas ficaram com a Séfora...

Reciclando lixo eletrônico
Levamos apenas coisas que realmente eram irrecuperáveis: duas CPU’s velhas sem peças funcionando (o que funcionava há muito já havia sido retirado), pilhas usadas que não sei por qual motivo a Séfora ainda guardava, os drives de CD-ROM (sendo que um deles serviu para meu amplificador de fones), cartuchos de tinta usados de impressora Epson e outros itens menores.

Reciclando lixo eletrônico
Aproveitei e tirei umas fotos do evento. Pelas fotos (clique para ampliar) já dá pra ter uma idéia do que o povo levou. Muitos dos aparelhos ainda deviam estar funcionando, principalmente os monitores. Tinha monitor melhor que os que eu tenho em casa. Para um sucateiro eletrônico como eu foi uma visão triste e só me restou torcer para que estes aparelhos tenham um bom destino. Apesar desta torcida não posso deixar de pensar que fatalmente alguma parte deles seja reciclado pelo aterrorizante método chinês. Não vou falar muito sobre isso mas é só fazer uma pesquisa rápida na rede pra saber onde a maior parte do lixo eletrônico do planeta vai parar (ou clique aqui e veja - imagens fortes -).

Reciclando lixo eletrônico
Reciclando lixo eletrônico