Pois é, comprei uma dessas lanternas Xing Ling com 3 LED’s alimentadas por dínamo.

Segue uma foto da lanterna pra quem ainda não viu. A idéia parece boa: Você da umas apertadas na lanterna pra carregar e ela pode ficar ligada por muito tempo. Isso “sem usar baterias”.
Lanterna com dínamo

Como todo produto de procedência duvidosa a caixa só tem o nome do fabricante. Nada de endereço físico ou na web. O inglês é meio estranho e o texto na lateral chega a afirmar que usar a lanterna faz bem a memória. Notem que na caixa está claramente indicado que a lanterna não usa baterias.

Caixa da Lanterna

Foi justamente essa afirmação que me deixou curioso. Por mais que afirmassem que a lanterna funciona com apenas algumas apertadas minha intuição e minha formação diziam que era bom demais pra ser verdade. Para tirar a prova só abrindo o brinquedo pra ver o que tem dentro.

Se a afirmação da caixa estivesse correta a única alternativa (que consegui imaginar) seria usar um supercap para armazenar a energia. O bom senso e o código de defesa do consumidor nos fazem crer que nenhum fabricante coloca informações falsas nas embalagens dos produtos. Em produtos com procedência conhecida, com o fabricante devidamente identificado pode até ser. No caso da lanterna Xing Ling fica difícil saber.

Então lá fui eu abrir a lanterna pra confirmar o que estaria por trás deste aparelho milagroso. Não preciso dizer que foi decepcionante. Vamos por partes...

A lanterna possui o seguinte esquema elétrico:

Isso mesmo. Nada de supercap! E, ao contrario do informado na caixa, a lanterna possui três baterias! Escondidas dentro de um suporte redondo atrás dos Led's. Ok, você pode argumentar que são baterias recarregáveis. Mas não são, são três baterias alcalinas que até onde eu sei não são recarregáveis. E no esquema dá pra ver que são independentes: Ou funciona o dínamo ou as pilhas.

O conhecido fenômeno de não pegar mais carga nada mais é do que o esgotamento das pilhas.

O dínamo é formado por uma bobina fixa e um imã móvel. Ao se pressionar a alavanca gira-se uma redução que gira o imã sobre a bobina. Para evitar a inversão de polaridade um sistema mecânico garante apenas o giro em um sentido. A energia mecânica da volta da alavanca a sua posição original não é aproveitada.

Lanterna DesmontadaSó testei e desmontei o modelo das fotos. Já vi outros modelos em lojas de 1,99 e camelôs que parecem ter a mesma configuração interna, mas com caixas diferentes. E todas dizendo maravilhas de seu sistema. Tem uma que vi num catálogo impresso dizendo que basta umas apertadas durante 40 minutos para ficar 4 horas acesa. Um verdadeiro milagre...