Ganhei dois destes "Hands Free" que iriam para o lixo. Estão praticamente novos e com as embalagens originais. A marca é "lucky" e o modelo é LY-168 fabricado na China. A função do aparelho é liberar as mãos do motorista para falar no celular, enquanto dirige (uma péssima ideia). Como não tenho carro, não dirijo e não tenho carteira de motorista os dois aparelhos só servirão como fonte de componentes.

Hands Free Lucky LY-168

Esta embalagem é muito difícil de fotografar por causa dos reflexos. Como a maioria destes produtos de camelô ele tem as marcações de certificação FCC e da União Européia, ali embaixo, perto do nome (papel aceita tudo). A parte da frente é escrita em Inglês e a parte de trás está em (quase) Português;
Hands Free Lucky LY-168

E fora da embalagem temos isso:
Hands Free Lucky LY-168

Do módulo que vai na alimentação de 12V do carro sai um clipe com um microfone, para encaixar na saída do auto falante do celular. O fone de ouvido vai no aparelho também. Aquela peça de plástico preto ali a direita é o suporte para o celular.

Aberto o aparelho vemos a única placa. O fio do microfone já estava solto quando abri, provavelmente o motivo do descarte:
Hands Free Lucky LY-168

Virando a placa vemos que é só um CI e o que parece ser um transistor, como componentes ativos. O alto falante é de 8 Ohms x 0,5W. Tem também um potenciômetro para o volume do áudio:
Hands Free Lucky LY-168 aberto

Uma vista melhor da placa. O CI é um TBA820M, clássico amplificador de áudio. O que parece ser um transistor (Q1) descobri, depois de olhar mais de perto, que é um CI 78L09 (regulador de tensão):
Placa do Hands Free Lucky LY-168
Este regulador explica a falta de D2 e R2, que formariam um regulador de tensão clássico se Q1 fosse um transistor.