sábado, 2 de maio de 2009

A placa MSX que encontrei dentro de uma máquina de fliperama...

Arcade Faz umas semanas fui até um ferro-velho aqui da cidade e acabei encontrando a máquina de fliperama aí do lado. Usando as táticas de como se comprar em ferro-velho e outros locais que vendem produtos usados acabei levando a placa da máquina pra casa. O motivo de levar somente a placa principal não seria o preço (com um pouco de conversa acho que não sairia tão caro) mas sim a falta de espaço: Não tenho onde colocar uma máquina destas.

Pois então... A aventura da descoberta, retirada e compra da placa eu descrevi lá no blog da Séfora. Aqui vou contar apenas os detalhes técnicos. Externamente a máquina não possuía nenhuma indicação escrita. Procurei por alguma placa de identificação mas não achei nenhuma. A porta do ficheiro e a parte de trás estavam abertas o que facilitou o acesso às placas. Como a caixa de madeira de uma máquina de fliperama (eu sempre chamei assim, sei que é errado, mas não gosto do nome “arcade”) é bem grande e com muito espaço vazio o dono do ferro-velho aproveitou pra encher a parte de baixo com outras coisas. Cheguei a identificar o chassi de um equipamento valvulado lá dentro (sem as válvulas).
Fliperama por dentro
A foto acima mostra a disposição das placas na máquina. O pó cobria tudo não dando pra identificar os componentes. Pela montagem sem componentes SMD já pude datar a máquina como tendo mais de 15 anos. Todas as placas eram fixadas à base de madeira sem espaçadores num arranjo bem precário. São quatro placas: a da fonte e amplificador de áudio, a do monitor, uma placa pequena com dois ou três CI’s para interface com o ficheiro e a motherboard. Retirei os quatro parafusos da placa mãe e cortei os fios (que estavam muito velhos e quebradiços). Como já falei lá no outro post não podia perder muito tempo então juntei a placa e um saco de resistores velhos (ainda não sei por que comprei isso), paguei, coloquei tudo na mochila e fui embora.
Retirando a placaEm casa com calma pude olhar melhor a placa. Abaixo vocês podem ver ela ainda coberta pela sujeira:
A placa sujaFoi preciso apenas um pincel para retirar a poeira e a placa ficou bem mais apresentável. Agora já dava pra ver os componentes. Foi preciso apenas olhar os chips de 40 pinos para entender que a placa não passa de um MSX. Lá estão o Z80, o 6255, o AY-3-8910 e o VDP TMS9128. A disposição dos componentes é muito parecida com a do Expert 1, acho que falta apenas o 74LS374 da saída de impressora.

Lado dos componentes da placaUma placa menor com uma memória 27256 veio conectada a placa principal por meio do conector no canto superior esquerdo da foto acima. A etiqueta da memória vem marcada: “KMARE” e datada de 03/09/89. Esta placa possui espaço pra mais uma memória o que indica que outras máquinas podem ter sido fabricadas com outros jogos de até 64k. O Jogo dessa aqui é o Knightmare, conhecido por aqui como “Pesadelo”.
Cartucho do arcadeContinuando com a placa maior, pela sua construção sem mascara de solda já desconfiei que ela era montada a mão. Na parte de baixo vemos seis fios de conexões que faltaram no projeto original. Também há algumas “gambiarras” na parte de componentes, como os dois eletrolíticos encavalados e os capacitores em cima do VDP. A BIOS está marcada como “ITS ROM” e datada de 16/09/90. Já a PCB vem marcada apenas como ITS e a data 04/88 na legenda de componentes. Procurei por mais informações na internet mas nem sinal de um fabricante com este nome.
Lado da Solda da placaJá tinha ouvido falar de máquinas de fliperama que eram MSX. O Alexandre (Tabajara-labs) tinha falado delas e até encontrou uma da Forte Games. Minha experiência com MSX é muito pouca, apenas brinquei com os Experts na escola no primeiro grau e só fiquei na parte de desenhar com a tartaruga. Até pensei em tentar ligar a placa e ver se está ok, mas vou deixar pra alguém que entenda melhor. Em breve trarei mais noticias sobre ela.

O que fiz além de limpar a placa foi ler o conteúdo da BIOS e do jogo. Caso alguém precisar posso enviar os arquivos em .BIN. É só avisar aí nos comentários ou no contato aí do lado.

Uma semana depois eu voltei ao ferro-velho e acabei encontrando a máquina no seguinte estado:
Fim do ArcadeUma pena que ela tenha acabado assim, mas pelo menos eu consegui salvar o principal.

Bom, pra terminar uma fotinha do saco de resistores. Preciso parar de comprar coisas velhas... Resistores Velhos

8 comentários:

  1. E o pior é que nunca vai usar os resistores...
    Vc precisa visitar algum dia a Optek, numa travessa da santa ifigenia, é uma loja do tamanho de um mercado só com entulhos de eletrônica, desde game gear velho até inversores de frequencia...Sem falar em display, motores, etc...
    É o paraíso da sucata...
    abraços !

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, o Knightmare foi conhecido por aqui com o seu nome original mesmo.

    Corrigindo seu texto, deveria ser "O Jogo dessa aqui é o Knightmare, conhecido nas antigas casas de fliperama como “Pesadelo”".

    Será que essa placa é da Forte Games? Só ligando pra ver - se é que dá pra ligar. E se for, deve ser a 1ª versão, já que a 2ª foi bastante miniaturizada.

    ResponderExcluir
  4. Rapa q coisa de doido, se quiser ajuda p/ ligar ela entra em contato comigo rafael.basshp@gmail.com ou pelo meu site www.basshp.50webs.com. gd abraço

    ResponderExcluir
  5. Esse foi um sistema raro aqui no Brasil, pelo chassi do Fliper (tambem conhecido como Caixote) dá pra ver que a máquina éra da TAITO;

    A TAITO invadiu o brasil com uma enchurrada dessas máquinas no inicio da década de 90, em 93 a Taito, expulsa pela justiça brasileira abandonou (sim, foram embora pro japao) todas essas máquinas nos "Pontos" onde estavam, ou seja, o dono do local onde estavam trabalhando passaram a ser os donos das máquinas

    Em PCb's de Fliperama com Conexao JAMMA, resistores chapados em locais onde nao existiam, ou jump's na parte traseira da Placa é normal, sempre tinha algum probleminha a ser sanado;

    Spectrumckee -=- Colecionador Consoles

    ResponderExcluir
  6. cara cade a foto da placa mae

    ResponderExcluir
  7. Entra nesse link http://www.marceloeiras.com.br/msxsite/exe/knight.zip e baixe o jogo "recompilado" para PC sem precisar de um emulador.

    ResponderExcluir
  8. ERRADO: Esses gabinetes eram fabricados pela empresa ELETROMATIC, sou filho de ex flipeiro e o pouco que sei sobre esses gabinetes é que a fabricação dos mesmos não é da TAITO.

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...