domingo, 21 de setembro de 2008

A enganação das lanternas com dínamo

Pois é, comprei uma dessas lanternas Xing Ling com 3 LED’s alimentadas por dínamo.

Segue uma foto da lanterna pra quem ainda não viu. A idéia parece boa: Você da umas apertadas na lanterna pra carregar e ela pode ficar ligada por muito tempo. Isso “sem usar baterias”.
Lanterna com dínamo

Como todo produto de procedência duvidosa a caixa só tem o nome do fabricante. Nada de endereço físico ou na web. O inglês é meio estranho e o texto na lateral chega a afirmar que usar a lanterna faz bem a memória. Notem que na caixa está claramente indicado que a lanterna não usa baterias.

Caixa da Lanterna

Foi justamente essa afirmação que me deixou curioso. Por mais que afirmassem que a lanterna funciona com apenas algumas apertadas minha intuição e minha formação diziam que era bom demais pra ser verdade. Para tirar a prova só abrindo o brinquedo pra ver o que tem dentro.

Se a afirmação da caixa estivesse correta a única alternativa (que consegui imaginar) seria usar um supercap para armazenar a energia. O bom senso e o código de defesa do consumidor nos fazem crer que nenhum fabricante coloca informações falsas nas embalagens dos produtos. Em produtos com procedência conhecida, com o fabricante devidamente identificado pode até ser. No caso da lanterna Xing Ling fica difícil saber.

Então lá fui eu abrir a lanterna pra confirmar o que estaria por trás deste aparelho milagroso. Não preciso dizer que foi decepcionante. Vamos por partes...

A lanterna possui o seguinte esquema elétrico:

Isso mesmo. Nada de supercap! E, ao contrario do informado na caixa, a lanterna possui três baterias! Escondidas dentro de um suporte redondo atrás dos Led's. Ok, você pode argumentar que são baterias recarregáveis. Mas não são, são três baterias alcalinas que até onde eu sei não são recarregáveis. E no esquema dá pra ver que são independentes: Ou funciona o dínamo ou as pilhas.

O conhecido fenômeno de não pegar mais carga nada mais é do que o esgotamento das pilhas.

O dínamo é formado por uma bobina fixa e um imã móvel. Ao se pressionar a alavanca gira-se uma redução que gira o imã sobre a bobina. Para evitar a inversão de polaridade um sistema mecânico garante apenas o giro em um sentido. A energia mecânica da volta da alavanca a sua posição original não é aproveitada.

Lanterna DesmontadaSó testei e desmontei o modelo das fotos. Já vi outros modelos em lojas de 1,99 e camelôs que parecem ter a mesma configuração interna, mas com caixas diferentes. E todas dizendo maravilhas de seu sistema. Tem uma que vi num catálogo impresso dizendo que basta umas apertadas durante 40 minutos para ficar 4 horas acesa. Um verdadeiro milagre...

23 comentários:

  1. Verdade verdadeira! Essas lanternas são realmente uma bosta. Eu tentei usar o esquema mecânico da lanterna para fazer carregar duas pilhas palito recarregáveis que depois dariam conta dos leds. Pelo jeito daria certo, mas eu tava de saco cheio e desisti... quebrei a porcaria do imã... deixa pra próxima. Valeu!

    ResponderExcluir
  2. mas mesmo assim, é uma boa idéia... é só trocar as baterias por recarregáveis e pronto oO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim, pois quando você seleciona a chave para a posição dínamo, as baterias ficam desconectadas, não adiantando colocar baterias recarregáveis, pois as mesmas nunca recebem carga do dínamo.

      zecaceto@yahoo.com.br

      Excluir
  3. Felipe,

    Não é só colocar baterias recarregáveis. Tem que instalar um circuito de carga também. E mesmo assim o sistema de apertar não rende muito. Você ficaria mais tempo apertando a lanterna do que a usando como fonte de luz.

    ResponderExcluir
  4. Só para colocar uma pulga atrás das orelhas: -a primeira lanterna desse tipo que comprei não serviu nem para a criançada brincar. O segundo modelo veio com adaptadores para celulares que não cheguei a testar - a bateria acabou rápido. Corajosamente comprei um 3º modelo que desde 25-12-09 funciona todas as semanas, mesmo já tendo caído direto no chão e trincado. Acabo de usar e "recarrego", e não o contrário como fiz com as duas primeiras. Vamos ver até quando.

    ResponderExcluir
  5. Eu já comprei 4 destas da foto e realmente a carga vai diminuindo.
    Já abri e não vi nem bateria e nem capacitor.
    Só não tinha aberto a parte onde ficam as baterias. Agora abri e achei.
    Mas serve para exercícios, nada mais.
    Vou encomendar uma cartela de baterias do DX.
    Valeu o post.

    ResponderExcluir
  6. O cara tem toda razao, nao sou conhecedor do produto nem formado em eletronica mais o pouco que conheco da pra fazer uma comparacao com o alternador de automovel, no caso do dinamo os leds ficaram ligados se vc manter o dinamo girando direto sem bateria, se parar de apertar o dinamo para e apaga os leds, se os leds se manterem ligados é porque tem bateria e garga nas mesmas para manterem eles ligados.
    concordo que é umas porcarias enganosas estas lanternas.

    ResponderExcluir
  7. Luiz Thiago Rodrigues24 de março de 2011 12:41

    Concordo...estas Lanternas são falsas mesmo....Menciono aqui, que já existem no M.L etc, um outro tipo de lanterna destas, desta vez, apenas com CAPACITOR (armazenável) que , com 60 segundos de "Sacudidas" (hehehe) a lanterna funciona por cerca de 100 minutos ! Esta parece ser mais real, uma vez que pode ser recarregada e descarregada quantas vezes forem necessárias ( NÃO USA BATERIAS - LITERALMENTE) ...a única coisa que pode lhe acontecer, é uma eventual Queima da lampada (LED) com o passar do tempo e com o uso !

    ResponderExcluir
  8. Possuo três lanternas desse tipo, NÃO EXATAMENTE IGUAIS, fabricadas na CHINA, sob encomenda da G-LIGHT, conhecida fornecedora de LÂMPADAS FLUORESCENTES COMPACTAS.ESSAS, têm uma BATERIA RECARREGÀVEL,o GERADOR INTERNO, parece que foi construído utilizando-se um pequeno MOTOR de CC, com campo de ÍMÃ permanente, possui COLETOR e duas ESCOVAS extremamente frágeis.Se fosse eu o PROJETISTA,de uma lanterna dessas, usaria um ALTERNADOR de IMÃ MÓVEL, bobina FIXA, a CA gerada, seria transformada em CC, por meio de diodos.Já deixei ACESA, até os LEDS APAGAREM, depois é só GIRAR A MANIVELA ( não é alavanca!) e a lanterna volta a produzir luz.Se vc GIRA a manivela com ela ACESA, os LEDS AUMENTAM O BRILHO.DETALHE-Custa R$ 14,00 CADA, aqui em minha cidade.

    ResponderExcluir
  9. Quando criança, nos anos 60, OUVI falar muito, sobre uma LANTERNA/DÍNAMO, assim descrita:METÁLICA,CROMADA, GRANDE, PESADA, construída COM QUALIDADE, produto feito para DURAR.O GERADOR INTERNO era grande, de IMÃ MÓVEL.Tinha uma ALAVANCA LATERAL, com retorno por MOLA,para ACIONAR O GERADOR, como as lanternas/dínamo DE HOJE, essas vagabundas chinesas.NUNCA tive oportunidade de VER uma lanterna/dínamo como a que descrevi, deveria ser a " AVÓ" das atuais.Tenho ENORME curiosidade a respeito desse aparelho,de uma época, em que AINDA não existiam LEDS mais potentes, a LUZ era produzida por míni-lâmpada INCANDESCENTE.Se algum leitor,SOUBER DETALHES sobre essa ANTIGA LANTERNA, como o NOME DO FABRICANTE, por favor, deixe um comentário, ou envie e-mail!Antecipadamente grato, Tiburtino Lacerda.( tiburtinolacerda@hotmail.com )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo, tive uma lanterna destas quando era criança.A marca dela era DAYTON ACME, americana.Tinha um volante magnetico de aço que girava.Era pesada e dura de usar,não usava pilhas a lampada era baioneta de lanterna comum.Era sobra de guerra,usava lampada de reserva,era a prova dàgua e a prova de choque.Era usada pelo exército americano era toda preta.

      Excluir
  10. Amigos
    1 Tem apenas um comentarista satisfeito
    2 Nenhum disse que os leds perdem a força apos 3 meses como me acontece
    3 Um disse um segredo bom ( só podemswer guardadas com a carga total
    alguem confirma o tem 2 ?????
    Carlos

    ResponderExcluir
  11. Descobri as baterias internas por acaso. Meu filho jogou a lanterna no chão e a luz ficou bem fraca, mesmo apertando. Desmontei pra consertar e vi as 3 baterias internas em série. Decepcionei-me.

    ResponderExcluir
  12. Acabei de comprar duas, pois achei em um preço bom,em relação a uma outra,fiz o teste para ver se recarregava.Deixei descarregar para então usar o sistema de alavanca e nada!!Apertei várias vezes e nada,achei que fosse defeito do produto,então comecei a pesquisa na internet e vi que estas lanternas Xing Ling, são pura enganação.O melhor é pagar um pouco mais cara e ter a garantia de um produto original que funcionará quando precisarmos. # Fica a dica!!

    ResponderExcluir
  13. como adquirir "uma lanterna de dinamo" se ela não dá conta do esperado em caso de emergencia? só compra se tem dinheiropara jogar fóra Mirian

    ResponderExcluir
  14. GANHEI UMA LANTERNA LAND3 LB LARANJA, funcionava muito bem até queimar uma resistencia do circuito interno, acontece que não consigo identificar a marvada.
    Srá que alguem tem uma desta.
    Nelso

    ResponderExcluir
  15. 1º Baterias sao diferentes de pilhas, sim sao recarregaveis estas que estão na lanterna

    2º ao gerar energia pelo dinamo as baterias complementan a carga qndo estiver na xave ligada, e na funçao desligada o dinamo recarrega as baterias.

    3º A bobina é capaz de armazenar uma certa carga podendo alimentar por um tmpo sozinha os leds, para melhor eficiencia seria util um capacitor, mas lembrando é da xina kkkk

    Conclusao, é claro que este circuito nao é milagroso se fosse facil assim industrias inteiras estariam qbradas porem circuitos assim aumentam a duraçao da utilidade da lanterna, uma pilha duraria o seu tmpo de descarga, ja com este circuito usando baterias provavelmente de oxido de prata sempre vai ter uma recarga podendo durar muito mais...

    Estudante de Eng. Elétrica.

    PS: O circuito do post esta errado, ja desmontei uma destas e digo tem fundamento sim... ela soh dispensa a troca de pilhas... ou voce costuma trocar com frequencia a bateria do seu celular?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - Não, não são recarregaveis. Pegue um resistor e descarregue estas pilhas e depois tente recarrega-las pra ver.

      2 - Isso funciona numa lanterna de carregamento mecanico de verdade. Estas de camelô não são assim não. Pelo menos todas que abri não são aassim.

      3 - A energia armazenada pela bobina não alimenta o LED nem por 1 ms, só fazer o calculo pra ver.

      O circuito não é milagroso, é só mentiroso mesmo. Já existem lanternas que fazem o que esta aqui diz que faz. Só que o preço não é tão baixo assim.

      P.S. - O circuito está correto, reconferi aqui. E todos que conheço que tem uma destas já me disseram que elas pararam de funcionar depois de um tempo.

      Excluir
  16. "Battery" significa pilha! Vai estudar inglês, meu filho! Está dizendo na embalagem que não usa PILHAS, e isso está correto! Como o Anônimo de 7 de julho de 2013 bem falou: "Baterias sao diferentes de pilhas"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro "pai", favor ir ao camelô mais próximo e comprar uma lanterna destas. Depois veja com seus próprios olhos. E de onde tirou que bateria é diferente de pilha?

      Excluir
  17. Há quatro anos comprei uma lanterna com dínamo da marca Exatron, após 4 meses a bateria interna não segurava mais a carga. Instalei uma bateria de celular 800 mha e estou usando a lanterna até hoje, 20 minutos girando a manivela rendem 4 horas de carga da bateria, as outra lanternas com dínamo que possui não prestavam, conforme os comentários dos outros leitores. Esta da Exatron é a única que vale a pena, nunca mais encontrei outra similar.

    ResponderExcluir
  18. Galera produto ching ling vocês esperam o que disso é tudo enganação só serve mesmo para a molecada fazer projeto de ciências na escola vocês acham que o chinês ia botar coisa boa,funcional e barata no mercado mas o brasileiro se acha a nata da esperteza e se arromba.

    ResponderExcluir
  19. achei uma dessas aqui em casa e meu pai me falou que antes ela conseguia armazenar a energia transformada, mas agr que vi esse post,vi que na verdade foram as baterias que descarregaram kkkkk

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...