domingo, 8 de março de 2015

Testando o GitHub

0 comentários
Andei testando o GitHub com uns códigos antigos e acabei gostando e movendo os (poucos) códigos do blog para lá. Antes usava o Google Drive, que não foi feito pra guardar códigos fontes. Uma grande vantagem de fazer isso é que dá pra ver o código sem precisar baixar tudo. O endereço não poderia ser mais óbvio: github.com/pakequis.

Por enquanto tem os repositórios dos dois potenciômetros com memória (com o QG8 e com Arduino), o do pedal de efeitos e o do sequencial de LEDs com Arduino. Já os códigos velhos (repositório Old_code) tem algumas coisinhas feitas em VB6 da época em que estava aprendendo (desenhar no form, um screensaver, comunicação serial) e o projeto do meu controle remoto para PC. Este último deve ganhar um post só pra ele em breve.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Por dentro de um Power Bank (bateria de emergência?)

1 comentários
Pois é, esse aqui era pra ser um vídeo, mas fui enrolando, enrolando, enrolando e não saiu. Até filmei a Séfora contando a história dele. Se der, mais pra frente eu faço certo. Enquanto isso...

Power Bank

A Séfora comprou este Power Bank no camelô e como não funcionou direito (segundo ela funcionou apenas uma vez) trouxe pra eu dar uma olhada. Pra quem não sabe estas coisinhas servem pra recarregar o celular quando se está longe de uma tomada ou sem o carregador. O problema deste aqui não era nada grave, era apenas o cabo defeituoso. Com outros cabos o power bank "funciona".

O funciona entre aspas significa que ele não tem os 8000 mAH (na embalagem está escrito 12000 mAH). Usei uma vez em uma viagem e ele não conseguiu carregar meu celular, que estava por volta de 30% de carga, até o máximo. Testei mais algumas vezes sempre com resultados desanimadores.

Dando uma olhada na parte interna podemos ver a bateria que ocupa quase toda a caixa do aparelho:
Power Bank
Não existe qualquer indicação do fabricante, capacidade ou outra informação no corpo da bateria. Medindo a tensão achei os 3,7V esperados. A parte de cima da plaquinha tem apenas o conector USB e dois LEDS:

Power Bank

Por baixo ela é um pouco mais interessante:
PCB Power Bank

Não desenhei o circuito, mas até onde vi e medi me pareceu que tem um regulador linear para carregar a bateria (editado: olhei melhor e parece que não é isso não, vou confirmar) e um outro, chaveado, para subir a tensão para os 5V para recarregar o celular. Algo que me chamou a atenção é que este regulador fica ligado direto, com o conector USB de saída sempre alimentado. Não me recordo os valores, mas dei uma olhada com o osciloscópio nesta saída e deu pra ver um ripple um pouco alto.

O aparelho esquenta quando em carga da bateria e um pouco menos quando fornecendo carga para algo externamente. Não vi nada que lembre uma proteção térmica para a bateria. Mas parece confiável (hehe), pois tá escrito que é um autentico original "Power Brank". Tem até os símbolos de conformidade da FCC e da comunidade européia. Além de ser ROHS:
Caixa do Power Bank

É cada coisa que aparece por aqui....

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Montando um kit de rádio AM (de Ondas Médias)

4 comentários
Bom, depois de anos e anos finalmente montei um rádio AM super-heteródino. Lembro ainda de um kit destes da Superkit que ficou um tempão na loja de eletrônica aqui da cidade. Nem me atrevia a perguntar o preço...

Mas daí vieram os chineses pra facilitar a nossa vida (até que alguém acabe com a brincadeira). Procurei por um kit todo transistorizado, comprei e fiz um vídeo da montagem:


O que faltou falar no vídeo:

1. As emissoras de AM em ondas médias estão com os dias contados. A maioria vai migrar pra faixa de FM e, daqui há alguns anos, não vai sobrar nenhuma entre os 530-1600 kHz. Então o momento pra montar um kit destes é agora, antes que seja tarde. 

2. A FI do rádio é em 465 kHz e não em 455 kHz como é comum por aqui. Como falei no vídeo, seria legal testar com um diodo de germânio no lugar de V4.

3. Na parte debaixo da placa de circuito impresso algumas trilhas tem pads que devem ser conectados com um jumper. Eles estão marcados com um X nas trilhas do esquema, nos coletores de V1, V2, V3 e V5. Caso sejam deixados em aberto o rádio não funcionará, é claro...
Esquema rádio AM
4. Como está escrito no esquema acima, o modelo do rádio é HX108-2+.

5. Foto dos componentes:
Componentes do kit de rádio AM
6. E uma foto do rádio montado:
Kit de rádio AM montado.
7. Comprei no Aliexpress. Não vou colocar o link direto pra este modelo, pois amanhã ele pode nem mais existir por lá. A dica é procurar por "Rádio Kit". Tem vários modelos, transistorizados ou com CIs e AM e/ou FM.

8. As bobinas de FI de o oscilador local estão marcadas na legenda de componentes da placa com um simbolo em Chines indicando cada cor. Usei o tradutor do Google pra descobrir a posição de cada bobina.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Trocando a tela de toque de um tablet Genesis GT7326

1 comentários
O sobrinho da minha esposa derrubou e quebrou a tela de seu tablet Genesis GT7326. No vídeo abaixo mostro todo o processo do conserto. Por uma infelicidade o áudio, gravado separadamente, ficou ruim (conector do microfone não estava totalmente enfiado na entrada do gravador).

Mas segue o vídeo só com o áudio da câmera...


PS: Preciso arranjar um jeito de colocar a câmera em cima da bancada. Com ela no tripé, na minha frente, fica difícil manipular qualquer coisa.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Mais um pen drive de (quase) 64GB

1 comentários
E vamos lá com mais uma história sobre pen drives de 64 GB falsos. Pensei que depois de quatro anos do primeiro caso (que não aconteceu comigo) as coisas já tinham melhorado. 

Comprei alguns pen drives na China para usar na TV aqui de casa e emprestar para os parentes e amigos. Antes eu tinha um pen drive de confiança (de 16 GB) e outros dois (8GB e 16GB) para usar na TV. Destes dois últimos o de 16GB quebrou e virou um Frankenstein e o de 8GB não pode mais ser apagado (está com os vídeos infantis que minha filha pequena assiste e reassiste em loop infinito). 

Pen drive
Foto de um pen drive parecido...
Depois do tradicional prazo indeterminado para a entrega os pen drives chegaram (1 de 8GB, 2 de 16GB e o de 64GB). Comprei o de 64GB mais pela curiosidade de ver se era verdade (e não era). Só não esperava ver tanta complicação nesta enganação. Vejam:

1 - Liguei o bichinho no computador e o Avira chiou acusando a presença de um vírus. Fui olhar o drive e tinha um arquivo "LoginTool.exe":

LoginTool.exe
Olhei o tamanho do drive e o windows indicou algo em torno de 3MB para o "disco" todo. Tentei formatar e fui informado que o drive estava protegido contra gravação. Tentei no Linux e também não deu.

2 - Acabei colocando o pen drive em uma máquina de testes com o antivírus desabilitado e rodei o tal do "LoginTool.exe". Me apareceu a seguinte tela:

Tela do programa do pen drive

Hm, um drive protegido por senha. Já tinha ouvido falar, mas nunca tinha lidado com um. Tentei as senhas padrão (00000, 1234, 123456, ABCDEF, ETC) até acertar a 12345. Pimba! A janela fechou, o drive sumiu do Windows Explorer e (re)apareceu com outro nome e agora com 60GB livres:

Pen drive 64 GB

3. Tentei descobrir qual o fabricante dos CIs do aparelho para ver se conseguia desabilitar o programa de senha e ir direto para o drive de 60GB para poder usar na TV. Rodei o Chipgenius para pegar o VID (Vendor ID) e o PID (Product ID) do drive. Deu VID ABCD e PID 1234 e minha esperança de que o pen drive fosse "de verdade" foi pro saco.

Teste no Chipgenius 3.00


4. Só pra confirmar testei o drive com o H2testw e depois de quase oito horas ele mostrou a verdade:

H2testw

Pois é, nada de 64GB. Na verdade é só um pen drive de 8GB disfarçado de 64GB e bem ruim (R/W de 3.09 e 7.67 MB/s respectivamente). E ainda ficou a suspeita de que realmente o "LoginTool.exe" possa ser um vírus.

Segue o log completo do H2testw:

Warning: Only 61946 of 61947 MByte tested.
The media is likely to be defective.
7.8 GByte OK (16449024 sectors)
52.6 GByte DATA LOST (110416384 sectors)
Details:0 KByte overwritten (0 sectors)
0 KByte slightly changed (< 8 bit/sector, 0 sectors)
52.6 GByte corrupted (110416384 sectors)
0 KByte aliased memory (0 sectors)
First error at offset: 0x00000001e5fd3000
Expected: 0x00000001e5fd3000
Found: 0x0000000000000000
H2testw version 1.3
Writing speed: 3.09 MByte/s
Reading speed: 7.67 MByte/s
H2testw v1.4