sábado, 20 de fevereiro de 2010

Sobre Microtransmissores de FM

Estava fuçando na minha estante de revistas antigas e me deparei com um editorial da revista Antenna, Volume 91 No. 5 de Setembro/Outubro de 1984. Neste editorial o grande Gilberto Afonso Penna (o Junior) fala sobre uma norma federal baixada em 1983 restringindo o uso de equipamentos “de radiação restrita” (minitransmissores). Segundo o editorial o DENTEL pediu a várias editoras técnicas e aos fabricantes de kits para que parassem com a divulgação e a comercialização dos aparelhinhos.

Transmissor de FM Scorpion
O editor informa que a revista Antenna, seguindo o pedido do DENTEL, havia cessado a publicação de artigos sobre o tema e lamenta que as outras editoras não tenham feito o mesmo. E nunca fizeram: kits de microtransmissores de FM podem ser encontrados a venda até hoje e a revista de eletrônica (só sobrou uma) continua a publicar o mesmo circuito ano após ano.

Placa do transmissor de FM Scorpion
E este editorial da Antenna me fez lembrar que eu tenho guardado dois destes transmissorzinhos. Um deles (das fotos acima) é o famoso Scorpion fabricado pela Superkit e o outro foi montado por uma colega no tempo que eu fazia curso técnico (1992-95) baseado em alguma revista. Eu ganhei os dois junto com um lote de velhos componentes e outras tranqueiras que a dona nunca mais iria usar.

Microtransmissor de FM
A versão “não comercial” mostrada acima foi feita num pedaço de circuito impresso desenhado com caneta para retroprojetor e fita adesiva (Durex). O mais legal é que a dona do transmissor assinou a “obra” no lado da solda:

Placa microtransmissor FM
Sim! Ela mesma, vocês podem não acreditar mas ela entende de eletrônica. Isso é praticamente uma tradição pra quem faz curso técnico e se empolga com a matéria: Depois do pisca-pisca com LED todo mundo tem que montar um transmissor de FM pra incomodar os vizinhos.

Não sei se a norma citada na revista Antenna ainda está em vigor (preguiça de olhar o site da Anatel), mas segue o esquema do transmissor de FM das fotos:

Esquema do transmissor de FM

P.S. – Para algo mais técnico sobre o tema e um tutorial passo a passo de como montar um desses clique aqui.

7 comentários:

  1. Olha, teoricamente a ANATEL não permitiria interferência ou uso indevido (sem autorização da mesma)da faixa de FM. Mas na prática parece existir uma certa "tolerância" quanto a transmissões de reduzido alcance desde que não interfiram em outras frequências autorizadas pela mesma.

    ResponderExcluir
  2. Isso aí é, como diria um antigo professor meu, um gerador de ruídos.
    Esta moda acabou com o estoque de BF494 em muita loja por aí.
    Pra ser gambiarra mesmo faltou botar a foto de alguém pingando sebo de vela na bobina pra não sair da sintonia.
    Bons tempos.

    Legal o teu blog, valeu!

    ResponderExcluir
  3. Quer vender o Scorpion? Eu tive dois quando era garoto, mas acabou se perdendo com o tempo. Outro dia, fuçando por tudo lá na casa da minha mãe, encontrei só a caixinha do último que tive mas a placa sumiu.
    Se tiver interesse em vender o Scorpion, me avisa e conversamos.
    Meu e-mail é sandro_rush@hotmail.com
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Isso aí deve emporcalhar o espectro. Custava quanto o projetista colocar um filtro LC na saída?

    ResponderExcluir
  5. Que legal vê-lo outra vez! Parece que foi ontem que me senti um gênio, ao conseguir transmitir do Scorpion para a TV. Obrigado pela publicação.

    ResponderExcluir
  6. Ola. daria pra vc mandar o desenho da placa e o esquema do scorpion da super ki tks

    ResponderExcluir
  7. Me lembro que ganhei um dinheirinho vendendo esses transmissores para os colegas,saíamos de bicicleta pelo bairro com os transmissores sintonizados no canal da tv globo, a gente só via neguinho pulando do sofá achando que a tv ia explodir...kkkkkk.Eu tinha tanta revista, Saber,DCE,BE-A-BÁ,Divirta-se com a eletrônica Jr, Electrón,Elektor, deixei caixas e mais caixas na casa dos meus pais,hoje nem existem mais, outras trouxe comigo, principalmente essa que saiu o Scorpion Ago/Set de 1979, que infelizmente só tenho as páginas 3 a 12 que consegui salvar da revista que pegou água, colou todas as páginas e mofou, se sentindo triste com tanta coisa que foi perdida.

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...