terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Reaproveitando componentes eletrônicos

Aproveitando o fim de semana desmontei algumas placas que estavam ocupando espaço embaixo da bancada. Eram quatro fontes chaveadas (duas de grande potência e duas pequenas) compradas no ferro velho por R$5,00 e uma e meia placas de aparelhos de som Sony que eu ganhei (o cara do ferro velho não quiz cobrar por elas).
Sucata Eletrônica
Era pra ter tirado foto das fontes maiores, mas só tenho essa aqui, com um zoom nos IRF540 de uma delas:

Sucata eletrônica

Minha estratégia para reaproveitar componentes é ver primeiro o que realmente interessa, pela ordem:

1. Componentes caros e/ou dificeis de encontrar. 
2. Capacitores eletrolíticos de grande valor ou de alta tensão de isolação.
3. Capacitores de poliester grandes (e as vezes os pequenos também).
4. Resistores de potência.
5. Dissipadores de calor

Não retiro resistores pequenos (1/4W pra baixo), capacitores cerâmicos de baixa tensão, componentes passivos em SMD, transistores bipolares de pequenos sinais (BCs e 2N da vida). Estes componentes compensam comprar novos em kits na China (pelo Ebay ou lojas como a DX). Também evito os componentes com terminais muito curtos.

A desmontagem foi feita com ferro de solda e sugador, já que meu soprador térmico foi pro saco (a Séfora queimou ele enquanto fazia leitão a pururuca). Após retirar o que eu queria as placas ficaram assim:

Placa desmontada

Placa desmontada

E o resultado é este:
Componentes eletronicos

E depois uma separada rápida:

Componentes separados

Retirei alguns transformadores das fontes pois estou pensando em montar uma fonte chaveada pra um projetinho e talvez precise dos núcleos de ferrite.

O melhor desta desmontagem foram os potênciometros motorizados da Alps. Agora só preciso arranjar o que fazer com eles:
Potenciometros motorizados
Os eletrolíticos de alta tensão:
Capacitores Eletrolíticos

Resistores de potência:
Resistores de potencia

Nos CIs eu salvei os drivers para os motores dos potenciometros, amplificadores operacionais e um TDA2009 (quem sabe sai um amplificador em breve):

Circuitos Integrados

Desta vez salvei também alguns capacitores eletrolíticos pequenos só por causa do "Ind.Bras.":
Capacitores Eletrolíticos Siemens

O Sturaro que é fã destes capacitores.

E depois de separados eles foram pra caixa de "futura separação" onde aguardarão até eu ter tempo para organizar meus gaveteiros de componentes (tarefa planejada para breve, já está na lista de prioridades).

Caixa de componentes eletronicos

5 comentários:

  1. Rapaz não é que eu também faço isso e é mais ou menos pelos mesmos critérios.

    ResponderExcluir
  2. Interessante, os meus critérios de reaproveitamento de sucatas é mais amplo. Tem placas que literalmente depeno tudo, só vai o fenolite pro lixo. As que acontece isso em geral são placas mais "vintage" dos anos 1980. Essas quando usam resistores Ibrape, arranco tudo e guardo. Quanto a transistores BC, bom... eu penso o seguinte, confio mais num BC de sucata da década de 80 do que um chinês novo que sei lá se realmente é um BC548. Eu tenho um causo pra contar de BF494 que é de deixar de cabelo em pé. Você deve ter visto na piclistbr, lembra? E esse caso voltou a me assombrar, e vai virar um vídeo. Mais detalhes quando sair o vídeo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acompanhei a história dos BF494 na lista. Meu problema são os terminais pequenos, que dificulta soldadar depois. Por isso deixo na placa mesmo. E tenho um bom estoque de BCs e BFs antigos, que vieram com um gabinete de componentes antigo que comprei. Esperando o vídeo... hehe

      Excluir
  3. Bom... a questão dos terminais pequenos nos transistores eu até entendo, mas não entendo ehehe. Já que eles estavam soldados em PCB e em via de regra a gente solda novamente em PCB, deveria servir. :)

    ResponderExcluir
  4. Às vezes passo meu tempo dessoldando componentes. Mas já fazem meses que não pego no ferro de solda.

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...