segunda-feira, 17 de março de 2014

E meu soprador térmico foi pro saco...

Já falei anteriormente sobre meu hábito de recuperar componentes de placas velhas e que antes eu usava um soprador térmico na desmontagem. Pois então, neste fim de semana (como sempre) resolvi desmontar uma placa de um 3 em 1 que ganhei recentemente. Como a placa mede 32 x 22 cm e tem muitos componentes para retirar pensei que seria melhor tentar consertar o soprador térmico para agilizar a coisa. A placa é esta aqui:


Como eu usava pouco o soprador ele estava emprestado para a Séfora quando ocorreu o problema e, segundo ela, aconteceu o seguinte: Ela estava preparando um leitão à pururuca e o soprador fez um barulho estranho e começou a soltar um cheiro de queimado (o soprador, não o leitão). Pra quem achou estranho o uso do aparelho, saibam que funciona. Primeiro se assa o leitão e depois de assado se passa o soprador térmico em cima pra torrar a pele.

Mas voltando ao soprador, ele ficou guardado até agora (um ano mais ou menos). Pra desmontar a já citada placa peguei o soprador novamente e liguei pra ver se ele dava sinal de vida. Realmente a descrição estava correta, ele fazia um barulho estranho e cheirava a fio queimado. Na boca não havia sinal de fluxo de ar. O soprador é um TA-1050 da Toyo:

Comprei ele numa reciclagem que já não existe mais e ficava num galpão fechado do outro lado da cidade. Só fui lá uma vez só, mas foi uma das "visitas ao ferro-velho" mais legais que já fiz (teve até uma escalada numa "montanha" gigantesca - quase três metros de altura e uns dez de largura - de multímetros (!)). Mas voltando ao soprador...

Depois de aberto descobri que o problema era na hélice do ventilador, ela é feita de acrílico (acho) e quebrou bem no centro que vai encaixado no eixo do motor:



O barulho então era por causa da parte que ficou no eixo que batia na hélice, que ficou solta. E claro, sem a hélice girando não havia fluxo de ar. Sem o fluxo de ar a resistência aquecia demais e por isso o cheiro de queimado. E como consertar isso? Bom, aí é que está o problema. Até tentei colar com super bonder:


Mas não teve jeito, a hélice soltou novamente ao girar. Mesmo com uma cola mais forte a hélice não será mais a mesma. Ela não ficará perfeitamente centralizada e poderá quebrar novamente com o tempo. A não ser que eu encontre outra hélice completa e em perfeito estado, o que eu acho improvável, este soprador foi pr'o saco... Pr'o saco das coisas que talvez, um dia, serão consertadas.

15 comentários:

  1. Tem como consertar sim, paquequinho. Use araldite e faça uns cortes no plastico pro araldite engastar. mas sendo da toyo, nao tem peça de reposicao na MRE ferramentas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tabajara labs te acompanho em seu blog, que é muito legal.

      Excluir
    2. Como eu disse, Taba, pode ser que uma cola mais forte aguente por um tempo. Mas vou tentar a Araldite, faz tempo que não brinco com ela.

      Excluir
  2. Tenho algumas caixas de placas eletrônicas e vou ver se faço um dia só pra mim para "brincar de eletrônica" e vou começar a desmontar minha placas a fim de abrir espaço pra outras tranqueiras.

    ResponderExcluir
  3. Não dá para fazer a peça numa impressora 3D ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas aí não seria em ABS? Acho que ficaria mais frágil ainda. Fora o preço, que talvez saia mais caro que um soprador novo. Mas é uma idéia...

      Excluir
    2. Qual o problema de ser frágil? Isso aí ficou quebradiço por ressecamento provavelmente. Esforço mecânico mesmo praticamente não existe.

      Excluir
  4. Quando vi a placa do 3 em 1 ,tenho quase certeza que tenho esse aparelho , que é da phillips !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, era de um aparelho Philips.

      Excluir
  5. Costumo usar super bonder e algodão para reforçar o local da quebra, normalmente dá certo. O cuidado no seu caso é manter a hélice balanceada. Creio que pelo diâmetro pequeno não deva afetar muito o balanceamento.

    ResponderExcluir
  6. Outra possibilidade seria procura em lojas autorizadas em reparos de marcas de secadores de cabelo, pois talvez, com sorte, algum use uma peça parecida.

    ResponderExcluir
  7. Uma dica mais radical é usar fibra de vidro(além da cola usada para deixar na posição certa para a fibra reforçar) e depois refaça o furo pois a fibra vai tapar ele com certeza.... É uma meleca mas vai ficar bem resistente.

    ResponderExcluir
  8. Super Bonder e algodão. Não existe cola mais forte que isso. Mas não encoste no algodão e nem cheire diretamente a fumaça sai. A reação química faz isso virar uma fibra bem forte.

    ResponderExcluir
  9. Ao invés de colar, tenta fundir as partes quebradas usando a ponta de um ferro de solda. É desse jeito que se conserta plástico. Arruma um pedaço de acrílico do mesmo tipo (talvez uma caneta bic) e reforce a soldagem do local. Quando vc faz isso direito, é muito melhor do que cola. É tipo uma vulcanização que fazem em pneus.

    ResponderExcluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...