quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Por dentro de um carregador manual de celular


 E lá vou eu desmontar mais um brinquedinho chinês. Desta vez é um carregador manual (com dínamo) para celular. Já escrevi sobre ele lá no "Badulaques da China", então para mais informações é só ler o post. Comprei três destes carregadores para poder brincar sem me preocupar caso eu quebre alguma coisa. A foto dos três:


Carregador manual de celular
Atualização 06/03/2017: Agora em vídeo:


O aparelho é feito com um plástico que não inspira muita confiança e que pode quebrar facilmente com qualquer queda. Dois parafusos fecham a caixa e o carregador é assim por dentro:

Por dentro do carregador de celular

As engrenagens são feitas de plástico e vem besuntadas com uma graxa avermelhada. Minha experiência com engrenagens de plástico me diz que estas daí não devem durar muito caso o carregador seja usado por muito tempo. Tirei a plaquinha do aparelho pra ver melhor:

Carregador manual de celular - Placa

Tirei um tempinho pra desenhar o esquema da placa:


Esquema do carregador manual de celular

Pelo esquema vemos que o circuito é um clássico regulador de tensão com um transistor e um zener. O transistor é um M28S (olha o datasheet aqui) e o zener é de 6.8V ao contrário do que diz o silk da placa (lá está escrito 2.6V). Tive que dessoldar o zener e montar um circuitinho com um resistor limitador pra ver qual era a tensão nominal do zener. Com a queda de tensão do Vbe do transistor a saída do carregador fica em 6V.

Liguei a saída ao osciloscópio e dei umas maniveladas pra ver a variação da tensão de saída:

Forma de onda da saída do carregador


A queda final ocorreu quando eu larguei a manivela pra apertão o botão de STOP do osciloscópio. Mas dá pra ver que o regulador não deixa passar de 6V a tensão de saída.

Em outro teste eu retirei o dínamo do carregador e liguei na fonte de bancada. Como esperado ele funcionou como um motor DC comum e se comportou bem até com uma tensão de 9V, consumindo menos de 100mA da fonte.

Em um dos carregadores eu fiz um teste e acabei transformando ele em uma lanterna a manivela. Para isso troquei o LED vermelho do carregador por um LED Branco e abaixei o valor de R2 para 100R. Acredito que seja possível colocar mais LED´s e fazer uma lanterna melhor, mas preciso fazer mais testes.

6 comentários:

  1. Pela cara das engrenagens, não parece que vai durar muito...

    ResponderExcluir
  2. Sabe aquela sensação de "coisa frágil prestes a quebrar"? A mesma que eu tive quando vi um destes pessoalmente... O princípio é o mesmo do dínamo das bicicletas antigas. Será que dá para adaptar numa bicicleta e carregar o celular?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo, e o capacitor que está na placa, qual a especificação dele e onde ele entra no circuito??

    obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, faltou ele no esquema. Ele vai ligado logo após o diodo.

      Excluir
    2. Você sabe informar a capacitância dele?
      E no caso sua instalação no circuito seria entre o Cátodo de D1 e o (-) de M1?

      Excluir

1. Alguns comentários são moderados automaticamente. Caso isso ocorra pode levar algum tempo até que eu veja e o libere.
2. Comentários fora do assunto do post podem ser apagados.
3. Não, eu não posso consertar os seus aparelhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...